Vidas Passadas.
Vidas Passadas Capricórnio



↪ "A encarnação dos que nasceram sob o signo de capricórnio é extremamente importante porque representa um novo redirecionamento da alma, simbolizada pelo fato deste signo anunciar o começo do verão para o hemisfério sul e o inverno para o hemisfério norte. Portanto é um signo de novos começos, e anuncia o nascimento da alma para os aspectos mais coletivos da sociedade. O egoísmo, a valorização dos aspectos sociais e materiais ainda estão presentes neste signo, mas bastante atenuadas, pois com certeza serão eliminados definitivamente nessa vida.

Isto ocorre porque após capricórnio, tem-se por último, os signos de aquário e peixes que são os signos mais desapegados materialmente e mais envolvidos com a ajuda ao próximo. No entanto para que o capricorniano atinja a evolução desses signos posteriores deverá passar por duras provas nessa vida, como a solidão e o excesso de trabalho.

No passado, o capricorniano levou a vida despreocupadamente; talvez tenha sido um devasso, um boêmio, um aventureiro ou um jogador. Agora terá de se manter a qualquer custo no caminho certo, valorizando a moral, os costumes e a ética para que possa realizar seus sonhos mais caros. Será forçado pelas circunstâncias da vida a assumir cargos de responsabilidade e assegurar a manuntenção da família. Às vezes não será apreciado no ambiente familiar ou profissional por causa de seu excesso de seriedade. Além disso, a última vida lhe foi muito movimentada e cheia de ensinamentos onde nessa vida poderá colocar em prática toda a sabedoria que acumulou. Por isso muitas crianças capricornianas são desde pequenas bastante amadurecidas e com objetivos profissionais bem definidos. Os pais devem respeitar seu lado sério e cauteloso, pois são agraciados por bastante sabedoria.

O capricorniano terá a capacidade de concretizar planos a longo prazo e com certeza no final da vida obterá o sucesso que tanto almejou. Às vezes acontece do capricorniano morrer antes de usufruir da riqueza duramente conquistada ou de ver a concretização final dos sonhos. Isto geralmente ocorre para mostrar-lhe a transitoridade da matéria e de que tudo nessa vida é ilusão.

Geralmente os capricornianos são mais respeitados do que amados pela sociedade, pelos amigos e familiares, mas não devem ficar tristes com isso, pois são pessoas naturalmente tímidas e bloqueadas para expressarem os sentimentos. Este bloqueio amoroso é decorrente de uma vida passada em que foram duramente traídos e humilhados. As mágoas que carregam nesse campo são profundas e ainda dolorosas. Por isso nessa vida, só se apaixonarão de verdade em uma idade mais madura, quando estiverem mais auto-confiantes.

O capricorniano mais do que outro signo deve-se lembrar que o amor existe e que antes de receber é preciso saber se doar desinteressadamente. No entanto é um ótimo signo para se ter como parceiro porque são fiéis e prestativos.

Os capricornianos ou com ascendente em capricórnio nascidos entre 1989 e 1995 possuem Urano e Netuno em capricórnio. São profundamente inteligentes e anseiam por mudar a sociedade, no sentido de torná-la mais séria e próspera. É uma geração que trabalhará bastante e tentará reformar a burocracia de seus países, tornando-a menos complicada. Darão ótimos engenheiros, matemáticos, físicos, arquitetos. No passado foram políticos, agitadores sociais ou líderes de facções e por isso trazem um dom natural para a oratória e facilidade em convencer os outros, ainda que sejam sérios.

Na mitologia grega, o regente de capricórnio, o planeta Saturno, era o deus Cronos. Este deus reinava em todo o Olimpo, tendo gerado os 12 principais deuses da mitologia grega. No entanto por sua ganância em querer se perpetuar eternamente no poder, engoliu os filhos, mas um conseguiu escapar com a ajuda da mãe. Este que escapou era o deus Zeus, que posteriormente abriu a barriga do pai e libertou os irmãos, tornando-se então o novo chefe do Olimpo. Este mito, mostra que o capricorniano deve tomar cuidado com o excesso de ganância, e a tendência em achar que é eterno, pois pode se esquecer de realizar a sua verdadeira missão nessa vida que consiste em levar prosperidade para os outros e melhorar as condições da sociedade.

A última vida, representada pelo signo de sagitário, fez com que o capricorniano amadurecesse principalmente em relação a suas crenças e à sua vontade em servir ao outro. Assim, nesta vida traz-se um alto grau de amadurecimento e uma responsabilidade cármica muito grande, porque Saturno é o senhor do carma. Esta atribuição de Senhor do carma, deve-se ao fato de Saturno ter sido durante muito tempo o último planeta conhecido pelo Homem ( somente a partir do século XVIII é que se descobriu os outros planetas, Urano, Netuno e plutão) e por isso ter sido associado às questões temporais, através do mito de Cronos, o Senhor do Tempo. Portanto, todo capricorniano por ser regido por Saturno, deve procurar de todas as formas seguir o caminho reto e justo, porque a responsabilidade lhe é cobrada em dobro. Esta pesada cobrança, deve-se ao fato de ser um dos últimos signos, e portanto estar em um período de somatória de todas as experiências acumuladas do passado ao qual deverá ser passado a limpo.

A maioria dos capricornianos vivem bastante por causa dessa necessidade de aprofundar seus conhecimentos e de resolver suas questões cármicas acumuladas durante os séculos passados. Quando feito isso, estarão plenamente prontos para iniciar uma nova jornada, onde o desvendar do inesperado e do desconhecido serão os elementos predominantes de suas próximas vidas."

           
Parceiros de conteúdo Esotérica™ — Editora Pensamento.
Conteúdo exclusivo BMGV EDITORA 1995 © todos os direitos reservados.

DMCA.com Protection Status